Acusado de assédio sexual, Jeffrey Tambor se desculpa com colegas de ‘Transparent’

Jeffrey Tambor se desculpou com os ex-colegas da série “Transparent“, do Amazon Prime Video, estrelada por ele. O ator foi demitido da produção após acusações de assédio sexual.

“Eu já pedi várias desculpas e peço novamente”, disse em entrevista a um programa da rádio americana SiriusXM. “Se eu fiz alguém se sentir vulnerável, me desculpe.”

As acusações de assédio sexual contra Jeffrey Tambor aparecem no começo de 2018, no auge do movimento #MeToo. Duas funcionárias transgênero de “Transparent” denunciaram o ator, que interpretava a personagem principal da série, um homem que se descobria uma mulher trans. Os relatos foram corroborados pela atriz Trace Lysette, que também estava na produção.

As denúncias e a demissão de Tambor foram cruciais para que “Transparent” chegasse ao fim prematuramente. A criadora da série tinha um plano de várias temporadas e chegou a dizer que queria que a produção ficasse mais de 10 anos no ar, mas o seriado acabou no ano passado, após cinco temporadas.

Na entrevista à rádio, Jefrrey Tambor voltou a se defender. “Quero deixar muito claro que não sou esse tipo de pessoa. Nunca quis deixar ninguém desconfortável”, disse, reforçando que se sentiu honrado pelo papel.

“Eu tenho defeitos de personalidade. Mas a gente se amava [no set]. Nós éramos irreverentes, honestos, vulneráveis. Era um set como nenhum outro. E aí minhas interações com algumas pessoas foram entendidas de uma maneira errada, muito diferente da minha intenção”, afirmou.

Apesar da demissão de “Transparent”, Jeffrey Tambor voltou para a nova temporada de “Arrested Development”, da Netflix, mesmo depois das acusações de assédio sexual.