Adolescentes são apreendidos suspeitos de participar de sessões de tortura em favela de BH

Submetralhadoras de fabricação caseira e drogas foram encontradas durante operação da Polícia Militar no local.

Armas de fabricação caseira e srogas são apreendidas em operação da PM. — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Armas de fabricação caseira e drogas são apreendidas em operação da PM. — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Dois adolescentes foram apreendidos na favela Vila do Índio, na Região de Venda Nova, em Belo Horizonte, suspeitos de participar de sessões de tortura nos chamados “tribunais do crime”, segundo a Polícia Militar (PM).

Duas pistolas, uma réplica, duas submetralhadoras de fabricação artesanal, uma espingarda também de fabricação caseira, munição, 32 buchas de maconha e mais de trezentos pinos de cocaína foram apreendidos durante operação.

Os dois suspeitos foram levados para o Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Autor de Ato Infracional (CIA-BH).