Asilo confirma dois casos de coronavírus em Alfenas e monitora suspeitos

Segundo o Lar São Vicente de Paulo, casos foram assintomáticos e identificados em teste rápido. O Lar São Vicente de Paulo, em Alfenas (MG), confirmou dois casos de coronavírus em uma idosa de 87 anos e uma funcionária de 41. As confirmações vieram em uma testagem de prevenção com teste rápido, já que nenhuma das duas pessoas confirmadas tiveram sintomas da doença. Outras quatro estão em monitoramento.
Segundo o local, os casos foram descobertos em fase já fora de transmissão. As duas são acompanhadas pela equipe médica, mas passam bem.
A família da funcionária foi testada e não teve nenhum caso confirmado. Os familiares da idosa foram avisados e acompanham o caso.
No momento, mais um morador do lar é monitorado por apresentar sintomas semelhantes ao da Covid-19. Ele está isolado e tem acompanhamento médico.
Além dele, mais três funcionárias tiveram sintomas e foram afastadas. Elas trabalham como cuidadora, técnica em enfermagem e ajudante de serviços gerais.
Todas passam bem e seguem em acompanhamento. A previsão é que sejam testados novamente.
O lar informou que segue as medidas de segurança para a prevenção da Covid-19. As visitas ao local estão suspensas desde 17 de março.
Veja mais notícias da região no G1 Sul de Minas