Contra coronavírus, até estátua de Maradona passa a ‘usar’ máscara

A estátua de Diego Maradona, localizada a poucos metros do estádio onde o ídolo iniciou a carreira e que agora leva o seu nome, em Buenos Aires, recebeu nesta quarta-feira (15) uma máscara para conscientizar a população sobre a importância do uso de proteção para evitar a propagação do novo coronavírus.

A obra, inaugurada em outubro de 2018, foi esculpida pelo artista plástico Jorge Martínez e tem quatro metros de altura. Nela, o ex-jogador carrega uma bola no pé esquerdo e, agora, está com o nariz e a boca cobertos com pano branco.

César Pérez, o homem por trás da construção e administração da estátua e o responsável por colocar a máscara, disse que o objetivo é conscientizar a população argentina e mundial e dar uma mensagem de paz e esperança nestes momentos de pandemia.

O uso de máscaras é obrigatório na cidade de Buenos Aires e em várias outras regiões da Argentina, onde uma quarentena está em vigor pelo menos até o próximo dia 26. Há outras estátuas da capital “usando” o artigo como forma de conscientização.

*Com informações da Agência EFE