Coronavírus: Saúde avalia que 4 estados e DF podem ter ‘aceleração descontrolada’

O Ministério da Saúde informou, durante coletiva de imprensa no Palácio do Planalto neste sábado (4), que quatro estados e o Distrito Federal passarão por “aceleração descontrolada” nos números de casos da Covid-19 durante as próximas semanas.

Este cenário, de acordo com as avaliações da Saúde, podem acontecer ao longo deste mês no Distrito Federal, São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Amazonas.

Atualmente, de acordo com os dados mais recentes, o Brasil tem 431 mortes e 10.278 casos de coronavírus.

De acordo com o secretário da pasta, João Gabbardo, essa fase da pandemia do novo coronavírus pode acontecer gradativamente em outros estados também.

“Prevíamos isso desde o início porque tem estados que há relação de viagens internacionais maior, como Distrito Federal, São Paulo e Rio. O Amazonas e o Ceará é pela relação comercial forte e muitas pessoas que transitam ali em função de negócio, principalmente na zona franca de Manaus”, disse.

Segundo a pasta, a pandemia passa por quatro fases epidêmicas: transmissão localizada, aceleração descontrolada, desaceleração e controle. “A aceleração descontrolada é a espiral de casos que vamos ter. É um número de casos que não somos capazes de prever em qual dimensão, em qual quantidade. “, explicou Gabbardo.

Ele detalhou ainda que este cenário em quatro estados e no Distrito Federal tende a mudar. “Não vai continuar assim. A gente não espera que seja assim. Quando começar o inverno a tendência é que isso aconteça na região Sul do país. Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná começarão a apresentar número maior de casos no inverno”, ressaltou.