Covid-19: Liverpool x Atlético de Madri foi um erro, diz autoridade britânica

O diretor de saúde pública da cidade de Liverpool, na Inglaterra, Matthew Ashton, admitiu nesta sexta-feira (3) que realização de jogo da Liga dos Campeões entre o homônimo Liverpool e Atlético de Madrid, foi um erro, diante do aumento de casos de infecção pelo novo coronavírus na cidade.

A partida foi válida pela volta das oitavas de final e aconteceu no dia 11 de março, dois dias antes da decretação de estado de alerta no país. A presença da equipe espanhola, que venceu por 3 a 2 e avançou de fase, atraiu cerca de mil torcedores ao estádio Anfield Road.

Em entrevista ao jornal “The Guardian”, Ashton admitiu que não foi a decisão correta realizar o jogo, embora descartou qualquer má fé em autorizar que a bola rolasse, mas sim uma falta de conhecimento sobre a gravidade da situação.

Na véspera do encontro entre Liverpool e Atlético de Madrid, chegou a se cogitar que não houvesse presença de público, mas que os diferentes envolvidos na competição e partida, decidiram que não houvesse qualquer restrição.

O Reino Unido já registrou mais de 38 mil pessoas infectadas pelo vírus, além de mais de 3 mil mortes.

*Com EFE