Covid-19: Reino Unido registra 861 mortes em 24 horas; maior marca diária

O Reino Unido registrou nesta quinta-feira (16) o maior número de mortes provocadas pela Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, o país registrou 861 novas mortes, elevando o total para 13.729.

A quantidade de óbitos contabilizadas nesta quinta supera a da última sexta, quando 780 falecimentos foram incluídos nos dados sistematizados pelo governo, que leva em conta apenas os que acontecem em hospitais ou outras unidades de saúde.

A Inglaterra registrou 12.369 do total das mortes; seguida pela Escócia, com 779; País de Gales, com 495; e Irlanda do Norte, com 158.

Os dados foram divulgados pouco depois que o Escritório Nacional de Estatísticas informou que nove em cada dez pessoas que morrem em decorrência da Covid-19 no Reino Unido, tinham algum problema de saúde anterior.

De acordo com o estudo, feito a partir da análise do histórico de 4 mil mortos no mês de março na Inglaterra e no País de Gales, 91% dos casos tinham outras patologias mencionadas no certificado de óbito, além da infecção pelo novo coronavírus.

O problema de saúde mais comum é doença cardíaca, seguida por demência e problemas respiratórios. O Ministério da Saúde britânico ainda destacou que foram aplicados testes de diagnóstico em 327.608 pessoas, sendo que 103.093 tiveram resultado positivo.

*Com informações da EFE