David Lynch acredita em mundo melhor pós-pandemia: ‘A vida vai ser muito boa’

O cineasta David Lynch espera que o mundo mude para melhor após a pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista à Vice, o diretor de “Twin Peaks” disse que a pandemia é uma espécie de aviso do Universo que a humanidade estava indo para o caminho errado e as pessoas devem ficar mais generosas e espiritualizadas quando a pandemia acabar. “Acho que vai nos aproximar de uma forma muito forte e bonita. Vai ser um mundo diferente e um mundo muito mais inteligente”, explicou.

Ele acredita que a crise do coronavírus será resolvida em breve. “Soluções para esses problemas vão chegar logo e a vida vai ser muito boa. Os filmes vão voltar. Tudo vai voltar de uma maneira muito melhor, provavelmente”, continuou.

Com 74 anos de idade, David Lynch está isolado em sua casa em Los Angeles, nos Estados Unidos, e tem passado a quarentena meditando e trabalhando. “Minha rotina é bem parecida a como era antes”, confessou. Ele ainda disse que está trabalhando com marcenaria e fazendo duas arandelas de madeira.

O último grande trabalho de David Lynch foi a terceira temporada de “Twin Peaks”, que estreou em 2017. No cinema, ele não dirige um longa desde 2006, quando lançou “Império dos Sonhos”. Em 2018, o cineasta dirigiu o curta-metragem “Ant Head”.