Detento morre por Covid-19 em Ribeirão das Neves, na Grande BH


O paciente chegou a receber benefício para prisão domiciliar, mas morreu na quinta-feira (18). Ele cumpria pena desde 2014 no Presídio Inspetor José Martinho Drumond. Presídio em Ribeirão das Neves tem 34 casos confirmados de Covid-19
Reprodução/TV Globo
A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Minas (Sejusp) confirmou a morte de um detento do Presídio Inspetor José Martinho Drumond. Ele tinha 67 anos, e era cardiopata e hipertenso. O idoso foi internado na noite de segunda (15), recebeu o benefício da prisão domiciliar, mas morreu na quinta-feira (18). Ele cumpria pena desde 2014.
Ainda de acordo com a Sejusp, outros 26 presos pertencentes à ala do idoso estão isolados e sob observação. A limpeza e desinfecção do local também foi reforçada.
Na última semana, 34 presos tiveram resultado positivo para Covid-19 na unidade prisional, em outra ala. Destes, 33 estão assintomáticos e um com sintomas leves. A Secretaria informou que, até o momento, 98 detentos têm confirmação da doença, e estão assintomáticos ou com sintomas leves, e que não há mortes confirmadas pelo coronavírus no sistema prisional.
Para resguardar os detentos, as visitas em presídios estão suspensas, os presidiários estão recebendo máscaras e as audiências estão sendo realizadas por videoconferência.