Bartolomeo vai substituir Fabio Schvartsman, que foi afastado após a tragédia em Brumadinho (MG).

Logotipo da Vale em sede da empresa no Rio de Janeiro — Foto: Ricardo Moraes/Reuters
Logotipo da Vale em sede da empresa no Rio de Janeiro — Foto: Ricardo Moraes/Reuters

A Vale informou nesta segunda-feira (29) que o conselho de administração da empresa confirmou Eduardo Bartolomeo como diretor-presidente da mineradora.

Bartolomeo, nomeado no início de março, substitui Fabio Schvartsman, afastado de suas funções após recomendação da força-tarefa que investiga a tragédia em Brumadinho (MG).

 Eduardo Bartolomeo, nomeado diretor-presidente interino da Vale. — Foto: Divulgação/Vale
Eduardo Bartolomeo, nomeado diretor-presidente interino da Vale. — Foto: Divulgação/Vale

“Assumo o compromisso de liderar a Vale no momento mais desafiador da sua história. Vamos trabalhar incansavelmente para garantir a segurança das pessoas e das operações da empresa”, afirmou o novo diretor-presidente. “Jamais esqueceremos Brumadinho e não mediremos esforços para atenuar o sofrimento e reparar as perdas das comunidades impactadas”, disse Bartolomeo.

Bartolomeo ocupou diversos cargos como executivo na mineradora. Entre 2016 e 2017, foi membro do conselho de administração, do comitê financeiro e do comitê de governança, conformidade e risco da Vale.

O executivo também trabalhou na Ambev entre 1994 e 2003 em funções executivas, sendo a última como diretor de operações. Ele chegou a ser cogitado como um dos possíveis nomes para comandar a companhia no lugar de Murilo Ferreira, em 2017, quando Schvartsman foi escolhido.