Em dois meses, coronavírus matou 52% a mais que H1N1 no estado de SP

A Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo informou em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (16), que em apenas dois meses, o novo coronavírus já matou 52% a mais do que a pandemia de H1N1, em 2019.

De acordo com os últimos números da pasta estadual, São Paulo tem 11.568 casos confirmados da Covid-19 e 853 mortes. Nas últimas 24 horas, 525 novos casos foram registrados com 75 novas mortes. O Brasil, nesta quinta, já tem mais de 30 mil casos e se aproxima de 2 mil mortes.

Para o secretário estadual de Saúde, Henrique Germann, afirmou que o governo deve receber o resultado de 1.741 novos testes para Covid-19 – 1.589 outros testes já foram processados e 12.958 ainda estão em análise.

Ao detalhar o número de casos em UTIs e enfermarias, Germann atualizou que, nesta quinta, são 2.393 casos suspeitos de Covid-19 em enfermarias e outros 1.421 suspeitos internados em UTIs. Casos confirmados em enfermarias são 1.294 e em UTI 1.115 internações confirmados como coronavírus.