EUA recomendam máscaras caseiras, mas Trump diz que não vai usar ‘por enquanto’

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta sexta-feira (3) que o país passará a recomendar o uso de máscaras caseiras em público devido ao novo coronavírus.

O país já tem cerca de 7 mil mortes por Covid-19 e mais de 270 mil casos. Apenas o estado de Nova York concentra mais de 100 mil casos e 2.900 mortes até esta sexta.

Ao anunciar a medida, Trump afirmou que é mais uma forma de evitar a transmissão do vírus, mas que ele, por enquanto, não deve usar a máscara.

De acordo com líder norte-americano, ele não se imagina usando máscaras e cumprimentando outros líderes no Salão Oval da Casa Branca. “Pode ser que eu mude de ideia”, disse Trump.

Para atender a alta demanda na área da Saúde, os Estados Unidos já compraram equipamentos da Rússia e da China. O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, assinou uma lei para confiscar respiradores que não estão sendo usados no estado.

Segundo Cuomo, Nova York tem respiradores para mais seis dias. O irmão de Cuomo, o apresentador Chris Cuomo, testou positivo para o coronavírus e está em isolamento social.

*Com informações da repórter Mariana Janjácomo