Fellaini recebe alta duas semanas após testar positivo para coronavírus

O belga Marouane Fellaini, jogador do Shandong Luneng, da China, recebeu alta após ficar internado por duas semanas se tratando da covid-19. A informação foi confirmada pelo próprio clube nesta terça-feira.

Fellaini permanecerá em quarentena por 14 dias, como pedem as autoridades de saúde da China. Ele foi colocado em isolamento em 20 de março, após testar positivo para o novo coronavírus. Desde então, recebe atendimento médico constante.

A suspeita é de que o belga tenha se infectado durante uma viagem de Xangai para Jina, capital da província de Shandong. Seu estado de saúde não foi detalhado.

Segundo a imprensa chinesa, Fellaini foi o único jogador da primeira divisão do Campeonato Chinês diagnosticado com a doença. O jogador disputou a Copa do Mundo de 2018 e teve passagens pelo Everton e pelo Manchester United.

* Com EFE