Foragido da polícia de MG que fez várias cirurgias plásticas para não ser reconhecido é preso

João Batista da Silva tinha dois mandados de prisão contra ele, um deles por condenação e outro pela recaptura.

Foragido da polícia que fez várias cirurgias plásticas para não ser reconhecido é preso
Foragido da polícia que fez várias cirurgias plásticas para não ser reconhecido é preso

A Polícia Civil apresentou nesta quarta-feira (10) um homem suspeito de liberar o tráfico de drogas no Aglomerado da Serra, Região Centro-Sul de Belo Horizonte. Segundo a polícia, ele fez várias cirurgias plásticas e emagreceu 20 quilos para não ser reconhecido.

João Batista da Silva foi preso há três semanas, em Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, após sete meses de investigação. A polícia cumpriu dois mandados de prisão contra ele que estavam em aberto, um deles por condenação por tráfico de drogas e outro por recaptura.

De acordo com a investigação, João Batista é um dos chefes do tráfico de drogas no conjunto de favelas da Serra.

Ele vinha tentando enganar a polícia para permanecer foragido e, para isso, ele foi submetido a várias cirurgias plásticas no rosto, tentando parecer mais novo. Além disso, ele perdeu 20 quilos e fez implante capilar.

De acordo com a investigação, João Batista é um dos chefes do tráfico de drogas no conjunto de favelas da Serra.

João Batista da Silva se mantinha foragido da polícia com plásticas e emagrecimento; à esquerda, foto de 2007, e à direita, foto de três semanas atrás  — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação
João Batista da Silva se mantinha foragido da polícia com plásticas e emagrecimento; à esquerda, foto de 2007, e à direita, foto de três semanas atrás — Foto: Polícia Civil de Minas Gerais/Divulgação