Grêmio e Inter se unem ao lançar campanha de combate ao coronavírus

Grêmio e Internacional deixaram de lado a longa rivalidade gaúcha nesta segunda-feira (6). Preocupados com o avanço da Covid-19 no país, os clubes do Rio Grande do Sul anunciaram uma campanha de apoio ao projeto da Santa Casa de estruturação de 80 novos leitos de UTI para tratamento de pacientes contaminados pelo novo coronavírus.

Intitulado como “O Gre-Nal Mais Importante da História”, o projeto visa incentivar os torcedores e toda a população do Rio Grande do Sul a realizar a doação de recursos para a Santa Casa. O objetivo é arrecadar até R$ 32,4 milhões.

Presidente do Internacional, Marcelo Medeiros comemorou a união no combate ao coronavírus. “Este é um momento em que colorados e gremistas têm apenas um adversário: o coronavírus. É hora de união e solidariedade. Juntos, vamos auxiliar a Santa Casa e o nosso Estado a estarem ainda mais preparados para enfrentar a pandemia”, disse o dirigente, que foi infectado pelo vírus, mas já está recuperado.

Já Romildo Bolzan, mandatário do Grêmio, ressaltou a importância do projeto. “É essencial que, num momento como esse, possamos nos unir, recorrer à força das marcas de Grêmio e Inter, das torcidas sempre muito engajadas, especialmente agora com a possibilidade de poder auxiliar no enfrentamento da Covid-19 e nas dificuldades vivenciadas pelo sistema de saúde hospitalar, que trabalha incansavelmente na linha de frente ao tratamento da pandemia. A Santa Casa precisa desse reforço”, falou o presidente, que também acabou sendo contaminado.

As doações para a campanha podem ser feitas para uma conta específica da campanha. Clique aqui para saber como colaborar.