Investimentos de Marisa Letícia somariam R$ 26 mil, e não R$ 256 milhões, dizem advogados

Os advogados que cuidam do processo de inventário de Marisa Letícia divulgaram nota afirmando o valor dos investimentos em certificados de depósito bancários (CBDs) da ex-primeira dama. De acordo com o escritório, os investimentos somam R$ 25 mil, e não R$ 256 milhões, como afirmou Carlos Henrique André Lisboa, o juiz da 1ª Comarca de Família e Sucessões de São Bernardo do Campo (SP).

Segundo os advogados, o magistrado confundiu o valor unitário de cada certificado com o valor unitário de debêntures de outra natureza, e acabou estimando um valor dez mil vezes maior que o real.

Na semana passada, o juiz pediu explicações ao ex-presidente Lula, requerente do inventário de Marisa Letícia, se tais investimentos se referiam a contratos já anexados nos autos, e deu um prazo de 20 dias para o ex-presidente responder o questionamento.