Itália tem queda nas internações e mortes por coronavírus

A Itália chegou a 21.655 mortes por Covid-19 nesta quarta-feira (15), 578 delas registradas nas últimas 24 horas. O número, no entanto, é inferior ao de 602 apresentado no dia anterior, bem como a quantidade de pacientes hospitalizados e na UTI, que continua a cair.

Ao todo, a Itália já confirmou 165.155 casos desde que o primeiro foi detectado, em 21 de fevereiro. Houve um aumento de 2.667 desde ontem, seguindo a tendência descendente de propagação. Segundo os dados divulgados pelo chefe da agência de Defesa Civil, 38.092 pessoas já se recuperaram da doença.

Já foram realizados 1.117.404 exames de coronavírus no país, 44 mil realizados nas últimas 24 horas, enquanto 22 mil pessoas foram testadas no dia anterior.

O número de pessoas atualmente contagiadas é de 105.418, com um aumento de 1.127 em relação a terça-feira, quase o dobro do dia anterior. Entre os doentes, 74.696 estão isolados em casa com sintomas leves (71%), 27.643 estão internadas em hospitais (368 a menos que na véspera) e 3.079 em UTIs (107 a menos).

Também melhorou a situação na Lombardia, onde 235 pessoas morreram nas últimas 24 horas. Na terça-feira, foram 241 óbitos. O aumento de casos positivos foi de 827, enquanto ontem foi de 1012. A região ainda registrou uma diminuição de 34 pacientes internados e de 48 em UTIs.

* Com EFE