Justiça condena Copasa a pagar R$ 250 mil por danos morais coletivos devido a acidentes de trabalho


Justiça também determinou R$ 10 mil de multa em caso de descumprimento. Copasa em Barbacena (MG)
Reprodução/TV Integração
A Companhia de Saneamento de Minas Gerais (Copasa) foi condenada a pagar R$ 250 mil de indenização por danos morais coletivos devido a acidentes de trabalho. Entre eles, está o que matou um funcionário terceirizado durante a obra de construção da Estação de Tratamento de Esgoto, em Montes Claros, na Região Norte de Minas Gerais.
No processo, a companhia alegou que sempre observou as normas de saúde e segurança do trabalho, e que os acidentes ocorridos foram pontuais. O valor será revertido ao fundo de amparo ao trabalhador.
A Justiça também determinou R$ 10 mil de multa em caso de descumprimento.
A TV Globo entrou em contato com a Copasa e, até a última atualização desta reportagem, não havia obtido retorno.