Kalil cancela ‘Coroação da Nossa Senhora das Travestis’ na Virada Cultural de Belo Horizonte

‘Defendo todas as liberdades. Sou católico, devoto de Santa Rita de Cássia. Fiquem tranquilos, ninguém vai agredir a religião de ninguém. Isso não é cultura. Estou comunicando que o evento está cancelado’, tuitou Kalil,

O prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), cancelou nesta sexta-feira (19), por meio do Twitter dele, o evento “Coroação da Nossa Senhora das Travestis”, do grupo teatral Academia Transliterária.

No tuíte, Kalil disse: “Defendo todas as liberdades. Sou católico, devoto de Santa Rita de Cássia. Fiquem tranquilos, ninguém vai agredir a religião de ninguém. Isso não é cultura”. E emendou em outro: “Estou comunicando que o evento está cancelado”.

Por meio de nota, Arquidiocese de Belo Horizonte, informou que “publicamente rebate, com indignação, a ação preconceituosa e criminosa de desrespeito à fé cristã católica, o evento de título “Coroação a Nossa Senhora das Travestis”.

“Exigimos e esperamos que as autoridades competentes e os organizadores suspendam este evento, por ser incontestável fomento ao preconceito e à discriminação, desrespeito aos valores da fé cristã católica, devendo saber que estão comprometendo, gravemente, a paz e o exigido relacionamento cidadão respeitoso”, disse o comunicado.

“Católicos, paróquias, instituições católicas, associações, movimentos eclesiais e novas comunidades, todos nós, manifestemos fortemente, neste momento, para que prevaleça o bom senso, a verdade e a justiça pela paz!”, finalizou a nota.

Kalil participou da Parada LGBT

No último domingo (14), Kalil participou da 22ª Parada do Orgulho LGBT em Belo Horizonte.

Com o tema “Não aos retrocessos. Revivendo Stonewall!”, esta edição relembra os 50 anos do enfrentamento de membros da comunidade LGBT à ação repressora da polícia em um bar em Nova York.

“Todo governante tem que ter em mente três palavras, três conceitos. Primeiro, ‘não sei. Segundo, ‘olha pra pessoa ao lado e diz que a ama’. Terceiro, ‘f*%&'”.

Kalil participou da Parada do Orgulho LGBT no último domingo — Foto: Antônio Salaverry/Arquivo pessoal
Kalil participou da Parada do Orgulho LGBT no último domingo — Foto: Antônio Salaverry/Arquivo pessoal