Maia: ‘Alternativa ao Plano Mansueto deve ser votada ainda nesta quarta’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que uma alternativa ao Plano Mansueto deverá ser votada ainda nesta quarta-feira (8) pela Casa. Segundo Maia, o Plano Mansueto é um “projeto correto”, mas, nesse momento de crise, os parlamentares optaram por construir um texto que não abrisse margem para muitas emendas.

“Qual foi a nossa conclusão? Temos que resolver problemas de curto prazo. O Plano Mansueto é um projeto correto, mas nesse momento todos os estados vivem a mesma angústia que é a necessidade de recomposição de receitas para enfrentar a crise”, disse.  Ele ainda ressaltou a importância do diálogo para a “construção de textos possíveis”.

Mais cedo, Maia já havia dito que seria “difícil construir um acordo” para colocar o plano do governo em votação. “A nossa proposta é muito próxima a que muitos técnicos do governo defendem”, disse.

O novo texto construído pela Câmara, segundo ele, aborda a questão do ICMS dos próximos três meses e a possibilidade de abrir linhas de financiamento para os estados no enfrentamento da crise do coronavírus.

“Uma solução para o ICMS precisava ser incluída. Tem estado que em 40 dias não tem condições de pagar salários. O único entrave que colocamos é que não pode dar aumento de salário neste momento”, explicou.

De acordo com Maia, o texto final foi entregue às 12 horas e deve ser votado pelo plenário ainda nesta quarta. “Muitas pessoas no governo sabem que essa é a melhor proposta. Todos sabem que o texto do Plano Mansueto seria de alto risco nesse momento. Esta votação limita e unifica o Parlamento e acredito que todos os partidos vão orientar favoravelmente suas bancadas”, disse