Maia: ‘Cabe ao governo e a todos respeitarem as orientações técnicas’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira (13) que a reabertura do comércio no Brasil não é decisão do Congresso Nacional, mas de prefeitos, governadores e das autoridades da área da Saúde.
“Sigo orientação do Ministério da Saúde e OMS (quanto à necessidade de isolamento social), estamos um passo atrás do mundo. Impressão como leitor me parece que é um vírus traiçoeiro, nunca chega e quando se alivia vem o tsunami, daí a necessidade do isolamento e cabe ao governo e a todos respeitarem as orientações técnicas.”

Maia destacou ainda que se sabe pouco sobre o novo coronavírus. “A angustia do setor produtivo pode nos pressionar para uma solução que parece mais fácil, mas é preciso ficar atento à possibilidade de colapso no sistema de saúde”, disse. Para ele, o papel do Parlamento é ajudar a dar previsibilidade para que as pessoas possam seguir no isolamento.

O presidente da Câmara participa nesta segunda de uma teleconferência promovida pela Abitrigo para falar do cenário político brasileiro frente a pandemia do novo coronavírus, com mediação do presidente-executivo da entidade, embaixador Rubens Barbosa.
*Com informações do Estadão Conteúdo