Mourão: ‘Temos de continuar com a política de isolamento para atravessar abril’

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, defendeu nesta quinta-feira (2) a manutenção da política de isolamento social para achatar a curva da propagação do novo coronavírus em abril, quando deve acontecer o pico de casos da Covid-19 no Brasil. Segundo ele, assim como outros países, o Brasil julgou a velocidade de propagação do vírus.

“Ainda estamos naquele momento pré-pico. A avaliação é de que nós temos que continuar com a política de isolamento, no sentido de atravessarmos esse abril, quando se espera que pico da doença comece a ocorrer a partir do dia 20, 25. (…) De modo que nosso sistema de saúde e, principalmente, a chegada de insumos que estão sendo comprados, permita que a gente supere esse momento”, afirmou, em entrevista ao vivo transmitida pelo BTG Pactual.

Sobre as medidas econômicas de apoio à população, o vice-presidente afirmou que há um limite financeiro que pode ser gasto pela União. Questionado sobre a postura do Congresso Nacional, Mourão afirmou que é necessário ter cuidado para que não haja desperdícios e que os gastos sejam, efetivamente, para combate ao coronavírus e seus efeitos e não permanentes.

*Com informações do Estadão Conteúdo