Netflix anuncia auxílio de R$ 1.045 aos trabalhadores do audiovisual no Brasil

A Netflix e o Instituto de Conteúdos Audiovisuais Brasileiros (ICAB) anunciaram nesta terça-feira (14) a criação de um fundo de emergência para auxiliar trabalhadores da indústria do audiovisual afetados pela pandemia do novo coronavírus.

A empresa vai doar R$ 5 milhões ao fundo, que pretende ajudar 5 mil funcionários entre produtores, assistentes, coordenadores, técnicos e operadores. Cada trabalhador poderá se cadastrar para receber R$ 1.045, o valor de um salário mínimo.

Os funcionários poderão se candidatar ao auxílio a partir do dia 28 de abril, por meio de um formulário no site do ICAB. As inscrições serão revisadas por membros de um comitê e, os aprovados, receberão o dinheiro em até 10 dias a partir da aprovação. O programa via durar até 28 de junho ou o fim dos recursos.

O vice-presidente de produções originais para América Latina da Netflix, Francisco Ramos, disse que a iniciativa é uma forma de gratidão da empresa ao Brasil. “A comunidade criativa brasileira sempre recebeu muito bem a Netflix e agora queremos fazer nossa parte para ajudar quem precisa de apoio neste momento sem precedentes que vivemos”, afirmou em comunicado enviado à imprensa.

A Netflix ainda afirmou que o apoio aos brasileiros faz parte do pacote de US$ 100 milhões que a empresa anunciou para ajudar a produção audiovisual em vários países.