Estado já registrou 421.832 casos neste ano; 77 pessoas morreram.

Casos de dengue ultrapassam 420 mil em 2019 no estado — Foto: Reprodução/EPTV
Casos de dengue ultrapassam 420 mil em 2019 no estado — Foto: Reprodução/EPTV

Dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde (SES), nesta terça-feira (18), mostram que o número de casos de dengue registrados em 2019 é o segundo maior desde 2010, ficando atrás apenas de 2016.

O estado já registrou neste ano 421.832 casos prováveis, que incluem os confirmados e os suspeitos. Em 2016, foram 519.050 casos.

De acordo com a coordenadora do Programa Estadual de Controle das Doenças Transmitidas pelo Aedes aegypti, em relação à dengue, tem sido observado um padrão: um ano epidêmico seguido por dois de baixa transmissão. Os outros anos com maior incidência da doença no estado foram 2013, com 414.719 registros, e 2010, com 212.502.

Mortes

Ainda de acordo com a SES, o número de mortes em decorrência da doença em 2019 já chega a 77 em Minas Gerais.

A cidade com maior quantidade de óbitos é Uberlândia, no Triângulo Mineiro, onde 14 pessoas morreram. Em seguida, aparecem Belo Horizonte e Betim, na Região Metropolitana, com 12 mortes cada.

Outros 139 óbitos estão em investigação, de acordo com a secretaria.

Chikungunya e zika

Ainda segundo a SES, em relação à chikungunya, Minas Gerais registrou 2.435 casos prováveis da doença em 2019. Até o momento, foi notificado um óbito em investigação.

Já em relação à zika, foram registrados 1.193 casos prováveis.