Percentual de isolamento cai no Estado de São Paulo e vai a 48%

O Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI) do Governo de São Paulo, que mede a taxa de isolamento social com base no monitoramento dos dados de telefonia móvel, registrou queda nesta quinta-feira, 9.

O índice, que era de 50% nesta quarta-feira, diminuiu para 48%. A medição é possível graças a um acordo com as operadoras de telefonia, e indica as tendências de deslocamento no Estado. Assim, é possível saber quais regiões estão aderindo à quarentena, e verificar a eficácia das medidas tomadas pelo poder estadual.

Segundo o médico infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência do coronavírus em São Paulo, a adesão ideal para controlar a disseminação da Covid-19 e assim, evitar o colapso do sistema de saúde, é de 70%. Caso a taxa continue baixando, o número de leitos pode se tornar insuficiente para atender a população.

Na quarta-feira, o governador João Doria pediu para que a população se conscientize da necessidade do isolamento. “Volto a pedir, não saia de casa. Se você estima seus pais, seu marido, seus filhos, seu vizinho, seus demais parentes, não saia de casa. Sempre que você sair de casa sem necessidade você está colocando em risco a sua vida, a sua saúde e também de outras pessoas”, alertou.

No início da quarentena, em meados de março, o Estado chegou a atingir os 60%.