Pink diz que coronavírus foi a experiência mais assustadora da vida

Uma semana depois de revelar que ela e o filho de 3 anos foram diagnosticados com Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus, Pink falou sobre experiência. Em entrevista ao programa de Ellen DeGeneres na TV americana, a cantora disse que o coronavírus foi a coisa mais assustadora que já vivenciou.

Pink acredita ter sido infectada pelo filho, que foi o primeiro a demonstrar os sintomas da Covid-19, como febre alta. A cantora está no grupo de risco da doença por sofrer de asma. “Eu acordei no meio da noite e não conseguia respirar. Precisei usar um nebulizador pela primeira vez em 30 anos. Aí eu comecei a ficar com muito medo”, contou. Ela conseguiu fazer o teste para Covid-19 e descobriu que estava infectada.

Na conversa, a artista reconheceu que só conseguiu se testar para a doença por ser famosa. Os testes ainda não estão disponíveis para todo mundo nos Estados Unidos. “Tudo bem ficar bravo comigo porque eu consegui fazer o teste e você não. Mas ficar bravo comigo não vai ajudar, não vai mudar o fato de que você não pode fazer o teste”, afirmou. “E outra, qualquer pessoa com um filho de 3 anos de idade que pudesse fazer o teste, iria fazê-lo”, defendeu-se.

Perto da recuperação da Covid-19, Pink anunciou que vai doar US$ 1 milhão para o combate à doença. Ela quer que o dinheiro seja destinado para a compra de testes.

Veja abaixo a entrevista, em inglês: