Piumhi, São Roque de Minas e Capitólio integram Política de Regionalização do Turismo do Estado de MG


Municípios fazem parte da Associação do Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra. Eles cumpriram requisitos do governo e agora foram classificadas como potenciais turísticos em Minas Gerais. Piumhi integra Política de Regionalização do Turismo
Divulgação/Prefeitura Municipal de Piumhi
Os municípios de Piumhi, São Roque de Minas e Capitólio, localizados no Centro-Oeste, integram o Política de Regionalização do Turismo do Estado de Minas Gerais. Isso significa que estas cidades foram reconhecidas pelo governo como potenciais turísticos e agora terão apoio das instâncias federal e estadual para estruturação do setor na região. Elas integram a Associação do Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra.
As três cidades obtiveram a Emissão do Certificado de Reconhecimento de Instância de Governança Regional em 2020. Para isso foi preciso cumprir uma série de requisitos que vem sendo trabalhados desde o início do ano, quando os municípios devem enviar a documentação para atualizar o certificado.
A Secretaria de Estado da Cultura e Turismo do Estado de Minas Gerais confirmou ao G1 que as três cidades estão na lista da Associação do Circuito Turístico Nascentes das Gerais e Canastra. Além delas, também fazem parte os municípios de Alpinópolis, Carmo do Rio Claro, Cássia, Claraval, Delfinópolis, Passos, São João Batista do Glória, São José da Barra, Tapira e Vargem Bonita.
Ainda de acordo com a Secretaria, através do registro da Diretoria de Regionalização e Descentralização das Políticas do Turismo, a documentação apresentada pelos municípios cumpriram os requisitos relativos à solicitação para obter o Certificado.
A diretora de Turismo do município de Piumhi, Aparecida Maria Fernandes, ressaltou que é gratificante ver o turismo na cidade sendo impulsionado para todo Estado com objetivo desenvolver ainda mais as potencialidades e consolidar a atividade turística local de forma sustentável.
“O apoio da Prefeitura, Câmara Municipal, Departamento de Cultura, Esporte e Educação, juntamente ao dos artistas e de toda a população de Piumhi, tem sido um incentivo ao nosso trabalho. O Departamento de Turismo tornou-se o nosso orgulho” enfatizou.
Turismo São Roque de Minas
Em São Roque de Minas está localizado o principal acesso ao Parque Nacional da Serra da Canastra. O local atrai turistas que buscam tranquilidade e águas calmas das cachoeiras que estão presentes em toda região.
Segundo a Associação de Turismo da Serra da Canastra (Atusca), além do contato direto com a natureza, na Canastra é possível fazer atividades de camping, visitar as cachoeiras, praticar esportes radicais, fazer trilhas e observar flora e fauna nativos da região.
Vista da Serra da Canastra em São Roque de Minas
Acervo Parque Nacional da Serra da Canastra/Icmbio
Turismo em Piumhi
Distante de São Roque de Minas, cerca de 80 km, a cidade de Piumhi também está localizada na região da Canastra. A partir da cidade é possível contratar guias para explorar trilhas e cachoeiras da região.
Além disso, assim como em São Roque, quem vai a Piumhi sempre aproveita para experimentar os premiados queijos da Serra da Canastra que são facilmente encontrados em lojas especializadas da cidade.
Vista aérea do município de Piumhi
Prefeitura de Piumhi/Divulgação
Turismo em Capitólio
As belezas naturais de Capitólio atraem turistas de todas as partes do país. Na cidade está o famoso Lago de Furnas, também conhecido como “Mar de Minas”. As águas em tom de azul integram um cenário ideal para quem quer descansar nos clubes, hotéis, resorts e casas de temporada da região.
Lago de Furnas em Capitólio
Divulgação
Programa de Regionalização do Turismo
O Programa de Regionalização do Turismo é estruturante do Ministério do Turismo, que trabalha a convergência e a interação de todas as ações desempenhadas pelo Ministério com estados e municípios brasileiros. O objetivo principal é apoiar a estruturação dos destinos, a gestão e a promoção do turismo no País, a partir de oito eixos estruturantes com vistas à promoção do desenvolvimento regional.
Cachoeira Casca D’Anta em São Roque de Minas
Fábio Rage/Secretaria Municipal de Turismo e Cultura/Divulgação