Ponte Nova tem primeira morte por Covid-19 e determina atendimento no comércio de acordo com CPF


Lojistas vão atender clientes conforme o último número do documento: pares ou ímpares. Cidade de Ponte Nova decreta rodízio por CPF
Reprodução/TV Globo
Ponte Nova, na Região Central de Minas Gerais, registrou a primeira morte em decorrência do novo coronavírus na noite desta sexta-feira (19). A cidade tem 42 casos confirmados e, a partir de segunda (22), vai aderir a um novo sistema para funcionamento do comércio.
O novo decreto permite abertura de lojas de departamento, e estipula horário de funcionamento para bares e restaurantes, que só podem abrir entre 9h e 15h, de segunda a domingo. Entre as principais mudanças nas regras cidade, está a determinação de um rodízio conforme o Cadastro de Pessoa Física (CPF) dos moradores.
Minas tem recorde de mortes por coronavírus em 24h
Os estabelecimentos que podem abrir só vão atender clientes conforme o último dígito do CPF. Os habitantes de Ponte Nova com o documento terminado em números pares, poderão ir às compras em dias pares. Aqueles cujo CPF termina em números ímpares, podem comprar em dias ímpares.
Segundo a prefeitura, a cidade prevê a conclusão de novos leitos clínicos para o fim do mês de junho. Outros decretos e mudanças na flexibilização da cidade serão considerados conforme orientações dadas pela Secretaria de Estado de Saúde, uma vez que o município passou a aderir ao programa Minas Consciente, que prevê regras de funcionamento para cidades do estado durante a pandemia.