‘Ronaldinho não treinava em nenhuma 2ª feira, estava sempre na praia’, diz ex-companheiro

Ronaldinho Gaúcho teve como penúltimo time na carreira o Querétaro, do México, entre 2014 e a metade de 2015. O astro, no entanto, não se empenhou muito no clube mexicano. Quem afirma é Patrício Rubio, ex-companheiro do brasileiro, em entrevista à emissora “Pelotros TV”, nesta sexta-feira (10).

Atualmente no Everton (Chile), o jogador contou que Ronaldinho costumava perder os treinamentos nas segundas-feiras porque “esticava” o final de semana nas belas praias de Cancún.

“Sempre jogamos às sextas-feiras em casa, porque no México cada time tem seu próprio calendário para todo o campeonato. Ronaldinho, quando o jogo terminava, pegava um avião particular e ia para Cancun ou Playa del Carmen”, disse Rubio.

Ao contrário do restante do elenco, Ronaldinho, no entanto, não retornava ao CT no primeiro dia útil da semana.

“Ele sempre voltava na terça-feira e eu nunca o vi treinar na segunda-feira. Era um craque”, completou Rubio.

Depois de atuar no Querétaro, Ronaldinho chegou a assinar com o Fluminense, mas sua passagem pelo Tricolor carioca durou apenas dois meses. Em 2018, ele oficializou sua aposentadoria depois de anos sem jogar profissionalmente.

Atualmente, Ronaldinho e Roberto de Assis, seu irmão e empresário, estão detidos no Paraguai por entrar com passaportes falsificados no país. Desde a última terça-feira, eles estão cumprindo prisão domiciliar em um luxuoso hotel na capital Assunção.