Secretaria de Saúde do Rio esclarece que não houve mortes por Covid-19 na Rocinha

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro esclareceu, na tarde desta quarta-feira (8), que não ocorreram mortes por coronavírus na Rocinha, comunidade na Zona Sul. A informação correta é que são 6 casos confirmados, sendo 5 com comorbidades — outras doenças prévias que podem complicar o quadro.

O número chegou a ser divulgado no Painel Coronavírus, que informa sobre os óbitos em bairros da cidade. “A secretaria pede desculpas pelo erro e trabalha para continuar sendo transparente e disponível neste momento de crise do coronavírus. Pedimos desculpas sobretudo aos veículos de comunicação que divulgaram as informações confiando no painel, lançado na última semana com o objetivo de levar mais informações à população”, disse o órgão em nota, conforme o portal G1.

“A SES reforça que trabalha para a correção de dados e que, numa análise preliminar, os dados corretos seriam, para a Rocinha, 6 casos confirmados sendo 5 com comorbidade. Como mostra a imagem a seguir, não era possível ter mais números de óbitos no painel dos que os já confirmados pela SES (89)”, continuou.

A Secretaria afirmou, no entanto, que o boletim divulgado ontem está correto e que são 1.688 casos confirmados e 89 óbitos por Covid-19 no estado, além de 78 em investigação.

Não foi divulgada nenhuma informação sobre as comunidades de Manguinhos e Vigário Geral, onde foram registrados, segundo o boletim, cinco casos e três mortes, e três casos e três mortes, respectivamente.