Feridos foram levados para hospital de Sete Lagoas, um deles em estado grave.

Mais de 50 são presos e 2 são baleados em briga de torcedores, em Minas Gerais — Foto: PMMG/Divulgação

Mais de 50 são presos e 2 são baleados em briga de torcedores, em Minas Gerais — Foto: PMMG/Divulgação

Duas pessoas foram baleadas em uma briga generalizada entre torcidas do Cruzeiro e do Goiás em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, como informou a Polícia Militar (PM) nesta segunda-feira (6).

De acordo com a corporação, a confusão foi registrada na noite deste domingo (5), depois do jogo em Belo Horizonte. A briga teria sido combinada por aplicativo de mensagens.

Pedro Marcelino Gonçalves e Edmar Silva dos Reis, torcedores do Cruzeiro, foram baleados no tórax e levados para o hospital municipal, sendo um deles em estado grave. Segundo a polícia, um ônibus e pelo menos cinco vans que levavam torcedores do Goiás foram atacados por integrantes de uma torcida organizada do Cruzeiro, munidos de paus e pedras.

Para conter a confusão, a PM teve que usar balas de borracha e bombas de efeito moral. Segundo o boletim de ocorrência, cerca de 150 pessoas participaram da confusão. De acordo com a PM, 31 cruzeirenses foram presos. As primeiras informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF) davam conta que mais de vinte torcedores do Goiás foram detidos. Todos já foram liberados.